quinta-feira, 16 de junho de 2011

Nova Ferramenta Google reconhece fotos e imagens!

São Paulo — Um novo recurso na página de busca de imagens do Google analisa uma foto qualquer e inicia uma pesquisa na web como base nela. É possível, por exemplo, indicar a foto de um prédio ou uma paisagem com o objetivo de descobrir que lugar é aquele.

O novo recurso foi anunciado nesta semana, junto com outras novidades. Uma delas é a busca por reconhecimento de voz, que também já era usada no Android. Agora, ela estará disponível no navegador Chrome, do Google, mas apenas na versão em inglês do buscador. Em compensação, os brasileiros passam a ter acesso à pesquisa instantânea, que antes só funcionava no Google em inglês. Quando ela é usada, os resultados aparecem assim que um termo é digitado, sem a necessidade de teclar Enter ou clicar no botão Pesquisar.

Essa tecnologia já existia nos smartphones com o sistema Android. O aplicativo Google Goggles, disponível desde 2009 no Android Market, permite tirar uma foto com a câmera do smartphone e iniciar uma busca na web com ela. Agora, esse mesmo processo está disponível nos computadores, para usuários em 40 idiomas, incluindo o português do Brasil. A implantação está sendo feita gradualmente e, segundo o Google, vai demorar alguns dias até que a novidade esteja disponíveis para todos os usuários.

O mecanismo de pesquisa instantânea ainda vai ganhar um aperfeiçoamento que o Google chama de Instant Pages. Com ele, algumas páginas da web serão pré-carregadas no computador assim que os resultados forem apresentados. Quando a pessoa clicar num dos itens listados, a página correspondente estará pronta para ser exibida. A mudança estará na próxima versão do Chrome. O Google não divulgou nenhuma intenção de implementá-la para outros browsers.

Embora o Google nunca tenha deixado de apresentar novidades desde que foi fundado, é razoável supor que a safra atual é, em parte, uma reação ao avanço da concorrência. O Google continua líder absoluto em buscas (no Brasil, a empresa tem quase um monopólio), mas, lentamente, tem perdido participação no mercado para o Bing, da Microsoft.

Veja o vídeo abaixo com um novo recurso:


Fonte: techlider.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário