quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Sony lança tablets que rodam games do PlayStation


Um dos modelos serve como controle remoto universal


A Sony lançou um tablet que funciona como um controle remoto universal e um outro modelo dobrável na expectativa de se diferenciar de uma série de concorrentes que já disputam o mercado.

A companhia japonesa lançou o modelo S, que possui recursos de controle remoto universal para rádios, decodificadores de TV a cabo e televisores de várias marcas. O aparelho tem um design curvo que se assemelha a uma revista virada para tornar mais simples o uso com uma mão, afirma a companhia.

O tablet S da Sony tem tela de 9,4 polegadas e conexão Wi-Fi. O modelo com 16 gigabytes (GB) custará R$ 790 (US$ 499) nos Estados Unidos e a versão de 32 gigabytes (GB) será vendida por R$ 949 (US$ 599), mesmo preço do iPad, da Apple.

O segundo modelo lançado pela companhia, P, tem 4 gigabytes (GB) de memória e é equipado com duas telas de 5,5 polegadas que se dobram quando o usuário fecha o aparelho. O modelo também possui conexão de rede celular 4G. A Sony afirmou que o aparelho começará a ser vendido até o final do ano, mas a empresa não divulgou valores pois o modelo será distribuído exclusivamente pela operadora norte-americana AT&T.

Os tablets da Sony vêm com serviço gratuito de downloads de filmes e vídeos e versão de teste de serviço de músicas. Segundo a companhia, os aparelhos também podem ser usados para jogos do PlayStation original.

A Sony afirmou em janeiro que se tornaria a segunda maior fabricante de tablets do mundo, atrás da Apple, até 2012.

Mas, Tim Stevens, editor-chefe do blog Engadget, testou o modelo S e diz não ter tanta certeza disso.

- Eu não acho que ele tem a mesma sensação, design e qualidade de montagem que tanto o iPad 2, quanto o Galaxy Tab, têm agora. Eu honestamente não acho que este será o tablet que realmente catapulte a Sony na liderança da plataforma Android, que é onde precisa estar se quiser ser número 2 do mercado.

Os tablets da Sony executam o sistema operacional Android, do Google, assim como o Galaxy Tab, da Samsung e muitos outros modelos de empresas como Acer, Asustek e Motorola.

As vendas mundiais de tablets devem mais que triplicar este ano, para 60 milhões de unidades, segundo a empresa de pesquisa IHS iSuppli. Para 2015, a expectativa é de vendas de 275,3 milhões de unidades.




r7.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário