terça-feira, 6 de março de 2012

Rádio tem crescimento de 3,3% no faturamento em publicidade

De acordo com uma pesquisa do Projeto Inter-meios, elaborado pelo grupo Meio & Mensagem, o setor de publicidade movimentou R$ 39 bilhões no ano passado em todo o Brasil, um crescimento de 8,5% na comparação com o ano anterior. Deste total, R$ 31,6 bilhões correspondem aos investimentos feitos pelas empresas e pelo setor público em compra de espaços publicitários nos veículos de comunicação. O rádio teve aumento de 3,3% e fechou 2011 com 4% do bolo publicitário.


Segundo a pesquisa, os números levam em conta os valores efetivamente pagos aos veículos de comunicação, já computados os tradicionais descontos do setor. De acordo com o presidente do grupo, José Carlos de Salles Neto, o crescimento foi bastante positivo, considerando que a economia cresceu menos de 3%. Além de um crescimento menos acelerado, diferentemente de 2010, o ano passado não contou com eventos que geram mais investimentos em comunicação, como eleição presidencial e Copa do Mundo.

Em matéria publicada pela Folha de São Paulo, foi mostrado que a TV aberta aumentou sua participação no total dos investimentos em compra de mídia, de 62,9% para 63,3%. O investimento em publicidade nas TVs abertas aumentou 9,2%, para R$ 18 bilhões. Segunda maior mídia em participação no bolo publicitário (11,8%), os jornais obtiveram um faturamento bruto de R$ 3,36 bilhões. A alta no ano foi de 3,8%. As revistas viram suas receitas crescerem 3,5% (para R$ 2 bilhões), e encerraram o ano com 7,2% de participação.

Outro segmento que também cresceu foi o das TVs por assinatura, que teve aumento de 17,8% passando a ter 4,2% de participação. Com esse número, o setor ultrapassa o rádio, que apresentou alta de 3,3% e as rádios obtiveram participação de 4% no ano passado.

Com 5,1% de participação e R$ 1,45 bilhão de faturamento bruto, a internet cresceu 19,6% no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário