quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Dilma Rousseff falou menos aos jornalistas em 2012


Dilma Rousseff falou menos aos jornalistas em 2012
A presidente do Brasil, Dilma Rouseff, reduziu para metade o número de entrevistas dadas em 2012 à imprensa, tendo privilegiado os meios internacionais. No Brasil, apostou em programas de televisão, em especial de entretenimento. 

As contas são do jornal brasileiro Folha de São Paulo e indicam que em 2011 a presidente deu 64 entrevistas. No ano passado esse número desceu para 36. Com os níveis de popularidade a atingirem recordes, esta é uma estratégia para manter, diz o jornal.

Quando decidiu falar aos jornalistas, Dilma escolheu quase sempre a imprensa internacional. No Brasil, privilegiou os programas de televisão, em especial os de entretenimento, "nos quais ela dificilmente é questionada sobre temas espinhosos", escreve a Folha.

Para os programas de televisão Dilma abriu as portas da casa oficial, o Palácio do Alvorada, e fez uma omelete.

Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário