quinta-feira, 23 de maio de 2013

Estratégia é essencial para marketing digital

“Stop. A vida parou ou foi o automóvel?”. Respondendo – e contrariando – o poeta Carlos Drummond de Andrade, quem parou mesmo foi a sociedade. Parou e se reinventou na era digital: “Um reset na sociedade”. É assim que Grazielle Mendes Rangel, consultora de inovação digital e coordenadora do curso de redes sociais do Ibmec, define as transformações pelas quais o mundo passou. Segundo ela, houve uma mudança definitiva na forma como criamos, acessamos e compartilhamos informações. O consumo de bens, cultura, aprendizado, diversão e até trabalho também entram na lista. “Os indivíduos conectados ganham poder e vão ultrapassar canais formais para obter apoio da comunidade”, diz. 

Para Rangel, o atendimento ao consumidor estava caminhando para a massificação e hoje é social. A consultora explica que a força migrou dos centros das empresas para a rede e o desafio agora é gerenciar de forma ágil e eficaz essa mudança. É preciso escolher: mudar por convicção ou por pressão externa? O primeiro passo para entrar no universo digital é entender de comportamento, de gente. O modelo de estrutura hierárquica está em xeque, segundo Rangel. É preciso se reinventar. “A adaptabilidade garante a sobrevivência”, afirma. 

A consultora explica que a partir do momento que se compreende o comportamento em rede, enxerga-se diversas oportunidade, como aumento de renda e redução de custos. A inteligência coletiva, por exemplo, pode ser usada para se abastecer de novas ideias para o negócio. Por meio de elementos de “gamificação” é possível incentivar o crowddsourcing. Um ótimo exemplo é o Starbucks Idea (mystarbucksidea.force.com), projeto interativo da Starbucks que pede a ajuda das pessoas para definir o futuro da empresa. Só de propostas novas de cafés, há cerca de 33 mil sugestões. Mas engana-se a empresa que acredita que é só criar contas em redes sociais e pronto: sou digital! É preciso estratégia – para quê o perfil serve, qual o conteúdo que será postado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário