terça-feira, 14 de maio de 2013

Nokia vê o Brasil como mercado-chave, diz chefe de marketing


Hans Henrik Lund acredita na recuperação da empresa no segmento de smartphones



O chefe de Marketing de Produto da Nokia, Hans Henrik Lund, também não vê esse cenário (a fatia do mercado de smartphones caiu de 32,9% em 2010 para 4,9% em 2012, segundo a consultoria IDC) com pessimismo durante o lançamento do Lumia 925.

"Sabemos que apenas um produto não fará a diferença. Nós construímos a família Lumia, e esses produtos combinados podem provar que estamos no caminho certo", disse a jornalistas latino-americanos durante o evento.


No ano passado, segundo estudo da IDC, o Brasil vendeu mais de 16 milhões de smartphones, um crescimento de 78% com relação ao ano anterior.

A previsão da consultoria é que somente neste ano o Brasil se torne o quinto maior mercado de telefones inteligentes do mundo. Por isso, a Nokia vê o país como um "mercado-chave" para a companhia. "O Brasil é um mercado muito importante, muito dinâmico. O crescimento de smartphones está muito acelerado", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário