quarta-feira, 24 de julho de 2013

Motivos para investir no marketing esportivo


O mercado brasileiro na área dos esportes está passando por um período de grande expansão devido aos investimentos gerados, principalmente, pela Copa de 2014 e pelos Jogos Olímpicos de 2016.
Segundo o IBME (Instituto Brasileiro de Marketing Esportivo), a indústria esportiva brasileira movimenta em média R$ 31 bilhões por ano, o que equivalente a 3,3% do Produto Interno Bruto. Nos últimos anos, as ações mercadológicas voltadas para o esporte registraram um crescimento médio de 12,3%, empregando diretamente mais de 300 mil pessoas (estudo de mercado realizado pela rede Bahia de Televisão).
Segundo Pitts & Stotlar (2006), Marketing Esportivo é a aplicação dos princípios de marketing a qualquer produto (bens, serviços, pessoas, lugares e ideias) da indústria do esporte.
O esporte é um produto intangível que mexe com a emoção das pessoas. É uma prestação de serviço de entretenimento e diversão. É um momento em que as pessoas podem sonhar, relaxar e compartilhar suas alegrias ou frustrações. Mexe com o emocional e espiritual.
O torcedor ao comprar um ingresso para um estádio ou assistir o evento na TV, ele espera participar de uma boa experiência, de se emocionar com os lances e com as atuações dos atletas nas mais diversas modalidades de esportes. Os resultados são imprevisíveis!
Pensando assim, o esporte é um produto que tem como objetivo de seus idealizadores gerarem emoções do público. Para quem presencia o evento num estádio ou arena esportiva a emoção é ainda maior. Antes do evento, há somente uma expectativa, durante o evento as emoções afloram e após o evento as comemorações continuam com a torcida do time ou atleta vencedor e o silêncio dos perdedores.
Algumas das características do esporte como produto:
  • É universal;
  • É intangível e subjetivo;
  • É produzido e consumido simultaneamente;
  • Forte identificação com o público;
  • Imprevisível e inconstante.
O esporte como produto pode ser adaptável a qualquer empresa ou marca. As empresas que investem em esportes buscam aumentar a identificação com seus clientes e prospects, assim como o relacionamento.
Os eventos esportivos garantem visibilidade para as marcas dos patrocinadores, porque, dependendo do evento, é visto por milhares de pessoas, fazendo com que suas marcas ganhem espaço na TV, sites, jornais, revistas e outras mídias.
A parte tangível dos esportes são os atletas, árbritos/juízes, auxiliares, materiais, equipamentos e instalações.
Por ter forte apelo emocional, as ações de marketing devem envolver emocionalmente o consumidor, assim como todo o planejamento relacionado aos aspectos tangíveis para atender as necessidades e expectativas dos clientes.
Seu objetivo principal é transferir os benefícios, atributos e valores do esporte para seus produtos e marcas. A empresa reforça seu composto de marketing, aumentando assim seu potencial de propaganda e publicidade, de relações públicas, de assessoria de imprensa, de merchandising e de vendas.
Alguns dos benefícios do uso dos esportes nas empresas:
  • Visibilidade potencializada;
  • Audiência ampliada;
  • Imagem renovada;
  • Vendas ampliadas;
  • Aumento no relacionamento;
  • Oportunidades de negócios;
  • Criação de comunidades virtuais;
  • Mobilização e motivação de consumo.
Algumas conclusões sobre o uso do marketing esportivo nas empresas:
O esporte ativa a comunicação e o marketing das empresas, gerando maior visibilidade institucional, incrementando as vendas e relacionamento com clientes e mercado, possibilitando e ampliando as oportunidades de negócios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário