quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Funk encontra a batida na publicidade



Ritmo com grande aceitação no mercado, mas ainda alvo de algumas resistências em determinados segmentos da sociedade, o funk parece ter encontrado uma porta de entrada no mercado publicitário e seus principais artistas têm sido utilizados em campanhas das grandes marcas voltadas ao público jovem.

Naldo, cantor que brilhou nacionalmente por conta do hit “Amor de Chocolate”, mas que já estava na estrada desde o início dos anos 2000, é um exemplo desse movimento. O artista, que tem a imagem gerida pela 9ine, já está acertado com três grandes marcas e está prestes a fechar com a quarta: Duracell, de quem poderá ser garoto-propaganda.

Seus outros contratos são com Claro, para quem protagonizou uma campanha em prol do uso do Facebook no celular criada pela Ogilvy, Extra, que usou o cantor em campanha da PA Publicidade que estreou semana passada, e Gillette, que patrocinou a gravação de seu DVD e que o utilizará como garoto-propaganda.

“Em conversas com a agência, notamos que o funk, que costumava ficar preso ao universo de quem escutava, começou a invadir outros segmentos em 2013. Os jovens estão se tornando mais ecléticos e quebrando alguns preconceitos musicais e os próprios artistas começaram a falar de contextos de todas as classes, ajudando na expansão”, afirma Gustavo Diament, diretor executivo da Claro. Segundo ele, a campanha com Naldo atingiu todos os objetivos, o que faz a operadora já trabalhar em uma extensão da campanha, que é voltada para jovens de todas as classes.
Para Marcus Buaiz, sócio e diretor-geral da 9ine, o artista consegue atingir um público além do segmento do funk. “O Naldo é uma figura carismática, sinônimo de diversão e "brasilidade", que atinge diversos públicos. Rapidamente, virou a "bola da vez" para as marcas e, com isso, recebeu inúmeros convites para campanhas”, analisa. Ele diz que a agência avalia as propostas que estejam dentro do planejamento para a construção da imagem do artistas. “Também apresentamos o Naldo a marcas que se encaixem no perfil do cantor”, diz Buaiz. Sua maior preocupação é garantir durabilidade à carreira do agenciado. “Fenômenos musicais sempre acontecerão. Mas uma imagem bem trabalhada garante vida longa ao artista e atrai bons contratos”, finaliza.

Prevenção

Outro ícone do funk que começa a trilhar seus primeiros passos na publicidade é Anitta. Ela lançou seu primeiro álbum em julho e, cerca de um mês depois, já estrelava uma grande campanha da marca de camisinhas Olla, da Hypermarcas. Embalado pelo maior sucesso da cantora, “Show das Poderosas”, o filme procurou na artista uma forma de tratar a sexualidade de forma natural. “Essa conexão é crível, porque se trata de uma forma moderna de tratar o tema, o que colabora para a utilização do preservativo como prevenção“, explica Daniella Brilha, diretora de marketing da marca.
Anitta também gravou na semana passada a nova campanha da Tele Sena de Primavera, que estreia nas próximas semanas. Mas outras marcas já estão procurando tanto Naldo quanto Anitta e novas parcerias devem ser anunciadas nas próximas semanas.

FONTE: http://www.meioemensagem.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário